Lançamento do Projeto PISE

 

 

A empresa de software, Softise, de Palotina, lançou, neste mês dezembro, o Programa para Inovação, Sucesso e Equipe (PISE).

Necessidade de inovar

“A percepção da necessidade de mudança se iniciou no final de 2016, quando começamos a nos envolver mais nos eventos da Iguassu-IT (Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação do Oeste do Paraná), e consequentemente com as outras empresas associadas”, observa.

Diana Spohn enaltece que a “saga” iniciou com a participação em vários eventos, workshops e treinamentos, e principalmente com a troca de experiências com outros empresários do segmento de Tecnologia da Informação (TI). Os temas são diversos: vivência, problemas, soluções, ferramentas, metodologias adotadas, linguagens, processos, desafios sobre certificações entre inúmeras outras informações obtidas com visitas às empresas, diálogos com os proprietários e até mesmo com os colaboradores.

Abertura

A abertura que o associativismo do grupo proporciona é um privilégio fantástico, segundo os proprietários. “O Sebrae também teve sua grande importância: no  último semestre trabalhou conosco a aplicação do Projeto de Potencialização de TI,  que nos ajudou muito na organização das áreas e na  formulação das ações necessárias, através de treinamentos, mentorias, consultorias e aproximação de outras empresas e organizações”, enaltece o sócio da Softise, Luiz Carlos Spohn.

Inovação conjunta

O ambiente de inovação tornou-se algo fundamental dentro da Softise. “Como mudança gera mudança e coisa boa gera coisa melhor ainda, a equipe começou a  perceber e, automaticamente mudar e contribuir. Assim, vimos que era o momento de envolver a todos e lançar o PISE, como um elo/compromisso/desafio coletivo na empresa”, frisa Diana Spohn.

PISE

O PISE consiste numa mobilização de todas as pessoas, das diferentes áreas da empresa, com a perspectiva de que a totalidade das ações atendam a denotação de inovação.

Objetivos

Dentre os objetivos do Programa estão: A criação de um novo conceito pela conexão de pessoas, conteúdo, marca da empresa, valores e uma nova cultura verticalizada. Manter e melhorar a gestão em níveis de controles internos a partir de indicadores variados. Padronizar os processos e ferramentas como pesquisa, adequação e execução aos processos de melhores práticas de mercado. Melhorar os resultados da empresa com a satisfação dos clientes, colaboradores, e sócios.

Busca prática 

As ações já estão sendo trabalhadas por departamentos, na busca e pesquisa, e na prática, para alcançar os números dos indicadores formatados. “Ainda estamos longe do nosso objetivo que será trabalhado arduamente em 2018, mas está claro para todos da equipe que estamos no caminho certo e não vamos parar, é apenas um começo”, ressalta Diana Spohn. “Tem um ditado que diz: quando você se move, o universo também se move para você. Ele está dando certo!”, conclui.

 

Fonte: http://iguassuit.com.br/noticias

 

softise Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *